HipHop.doc

FESTIVAL HIPHOP.DOC APRESENTA 7ª EDIÇÃO NA CIDADE DE LAGOA SANTA/MG

Com programação gratuita, Hiphop.doc traz oficinas e shows de Rashid (SP), PKNT (Chile), Erick Bless (Lagoa Santa) e MAC Júlia (Betim)

Valorizar e fomentar a cultura e o movimento Hip Hop sempre foi a missão do Festival hiphop.doc, que completa 14 anos de trajetória. O projeto, que já recebeu shows de grandes nomes, como Black Alien, Tamara Franklin, Crônica Mendes, Rimas e Melodias, Julgamento, Família de Rua, Roger Deff, Bárbara Sweet e Zimun, traz pela primeira vez uma atração internacional para a nova edição. Lagoa Santa receberá os shows de PKNT (Chile), Rashid (SP), Erick Bless (Lagoa Santa) e MAC Júlia (Betim). A programação do festival conta ainda com a realização da oficina Arte em Grafite ministrada por Binho Barreto e a oficina Produção de Beats ministrada por Preto C e Flavio Machado.

Com a sua origem nas periferias de Nova York, na década de 1970, o hip hop acabou se tornando uma das expressões culturais mais famosas, representado fortemente pela música, a dança e o grafite. O movimento que nasceu nos Estados Unidos é hoje uma forma de arte e de atitude que conquistou o mundo, sendo hoje um dos estilos musicais mais fortes do mercado fonográfico mundial com seus rappers, MC’s e DJ’s. 

Ao longo de sua história, o festival reuniu milhares de pessoas para apreciar a cultura Hip Hop, sempre apresentando ao grande público as novas promessas e destaques da cena. A última edição foi realizada em Ouro Preto, no Praça Tiradentes, cartão postal do país, e recebeu um público de mais de cinco mil pessoas. Além de Ouro Preto, o festival já passou também por Belo Horizonte, Barbacena, Itabirito e São Lourenço, e pela primeira vez será realizado em Lagoa Santa/MG, na Arena de Shows.

Barral Lima, CEO do Grupo UN Music, conta um pouco sobre a proposta do projeto “O Rap, junto ao Funk, é a música que mais cresce no país. A cada dia ocupa mais o seu espaço no cenário musical brasileiro, falando direto sobre o dia a dia do povo, principalmente da periferia. É a realidade nua e crua da nossa sociedade. Nosso projeto, há 14 anos, busca fortalecer e contribuir para disseminar e divulgar a arte do Hip Hop, que vai além do Rap, incluindo o Grafite, a street Dance e o DJ. Este ano, pela segunda vez, estamos descentralizando o nosso projeto e levando shows e oficinas, para as cidades de Ouro Preto e Lagoa Santa em Minas Gerais. Desta forma buscamos incentivar os artistas locais, conhecer os novos talentos dessas cidades e incentivá-los para novas possibilidades artísticas-culturais em suas vidas.”

Com programação gratuita, o festival é uma realização do Grupo UN Music e da JA Ribeiro a partir de recursos da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais. Conta com o patrocínio da Oi e com apoio cultural da Prefeitura Municipal de Lagoa Santa.

Anúncios